Os limites do poder judiciário na inovação de políticas públicas que tratam do direito à saúde: métodos de pluralização do debate como requisito para a fundamentação dessas decisões

Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account